quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

*
As pessoas
sorrateiramente perversas
não podem esperar receber muito
da mão de Deus...
*
*

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

De Miguel, a justiça e a salvação...

*
UM PRESENTE DE MIGUEL
Uma mensagem de Miguel Arcanjo canalizada por Malu Rossi
Grupo CETCITEM, São Paulo, em 29 de setembro de 2008

*


Copiado do blogue Luz de Gaia


Eu, Miguel, vos abençôo e vos conclamo a empunhar vossas espadas flamejantes de Luz e secionar, secionar, secionar tudo em vós e no vosso planeta que não sejam energias de amor, luz, força e poder.

No poder, amados, encontrareis a forma de vos alimentar na fonte da sabedoria, a fonte que vos fortalece para que possais assumir que sois vitoriosos. Guerreiros de Miguel, empunhai vossas espadas e decretai:

- "Eu Sou a manifestação da liberdade do meu próprio poder."

- "Eu Sou a Luz mantenedora da própria fonte que jorra do meu coração de luz."

- "Eu Sou a poderosa Presença que cura todas as imperfeições e doenças."

- "Eu Sou a força que liberta agora todos os votos que eu tenha feito de pobreza, castidade, limitação, sofrimento, tristeza e deficiências."

- "Eu agora escolho a liberdade e a abundância financeira que eu mereço manifestar."

- "Eu, (nome), completamente livre, saudável, perfeito e pleno de amor, manifesto a minha intenção e escolha de ser feliz, próspero, celebrando a vida com felicidade e harmonia."

Amados filhos, não vos esqueçais de que sois fortes e poderosos, pois filhos são do Pai Criador que vos criou na pura manifestação de amor e perfeição, e que assim, nestes tempos, possais assumir a vossa própria luz e, através do livre arbítrio, co-criar o vosso hoje, a vossa vida pautada, nas escolhas perfeitas, para que se cumpra o vosso plano divino sobre a Terra.

Devereis sempre vos conectar com a força do vosso Eu Sou, aquele que Tudo É, que assim sabereis que estais no caminho da vitória, do discernimento e sabedoria.

Amados, não vos deixeis invadir por palavras, energias que não vos pertencem. Abandonai o que vos traz o desequilíbrio, desapegai-vos de situações e pessoas que vos afligem e vos fazem sofrer. Libertai-vos e deixai ir tudo aquilo que percebeis não ser mais a vossa realidade. E que na força da fé e da determinação, possais ancorar vossos pensamentos e sentimentos, para agirdes na certeza e na confiança que vos fortalece através da verdade que brota em vossos corações, conduzindo-vos aos caminhos da vossa própria maestria.

Através da verdade que vence soberana em todos vos, a força da Luz enaltece vossas obras, vossos propósitos.

Que possais servir com amor e dedicação, na certeza de que sois portadores da força de vontade Divina. E esta força é que alavanca, como mola propulsora numa espiral de luz, a vossa ascensão.

Que no servir possais encontrar a alegria de compartilhar as bênçãos e milagres que acontecem para todos vós. Que possais unir-vos mais e mais como pontos de luz, Guerreiros de Miguel, com vossas espadas flamejantes sinalizando os degraus, o caminho da evolução para os vossos irmãos.

Amados, o poder da espada pode apenas ser uma metáfora em vossas mentes, uma visão, mas ele está aí presente fortemente e é um presente para vós, pois, ao empunhardes vossas espadas, uma sagrada união acontece, da vossa presença Eu Sou com vosso Anjo da Guarda. E esta força é tão grande, a luz é tão intensa, que podereis realmente decretar, co-criar, cortar, selar, curar e abençoar. É assim que milagres e bênçãos podem acontecer.

Que possais ter a certeza de vossa força e poder na realização de vossos sonhos, de situações em vossas vidas.

Aceitai o presente, a espada da força e do poder, e utilizai-a pautados no amor, no bem maior de todos.

Dizemos-vos que legiões e legiões de anjos estão em vosso Planeta, acompanhando as mudanças, acolhendo os que escolheram partir, voltar para casa, e apoiando, auxiliando a todos vós que escolhestes ficar para participar da Grande Celebração, do Grande Evento cósmico e planetário; a Ascensão da Mãe Terra iluminada, vitoriosa; a Nova Era, a Nova Idade de Ouro sobre este tão amado Planeta, que está auxiliando todo vosso sistema solar, vossa galáxia, reverberando estas mudanças para todos os universos.

Amados, abençôo-vos e agradeço por serdes os incansáveis Guerreiros de Miguel. E, na luz intensamente azul, vos envolvo e protejo.

Eu Sou Miguel Arcanjo.
*
*

domingo, 12 de fevereiro de 2012

*
Aos incautos da má fé
que estão habituados a beber
da maledicência,
quero frisar
que os meus cães não ladram
NUNCA
de noite,
e não há ninguém
que possa dizer o contrário...
a não ser, é claro,
quando ocorre um daqueles acessos
 de provocação perversa
a que determinadas pessoas
ainda se dão ao luxo.

Passam os cães da rua
às 2, às 3, às 4,
às 5, às 6
e acordam os meus...

e eu acordo com eles,
seja a que hora for,
desço para estar com eles
e para os acalmar
para que não incomodem
ninguém.

Acho que isto é uma prova mínima
de civismo
que todos deveríamos poder dar.
*

E, durante o dia,
tento
que também não ladrem muito,
o que não podem evitar
quando alguma pessoa ou
algum animal
desperta o seu sentido de guarda,
na verdade não são muitas
as pessoas...

No entanto, espero conseguir em breve
as condições de vedação
que se impõem
para que não
incomodem quem passa lá fora
porque é normal haver falta de paciência
para com o cão dos outros,
é muito normal...
*
Só ao seu dono é que eles fazem falta...
*

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

a ninhada conseguiu sobreviver, apesar de tudo !

*
E mereceu a pena, do meu ponto de vista!
*
Seria interessante e desejável
poder eliminar toda esfa feiura
das ameaças ao meu equilíbrio pessoal
e à vida e segurança dos meus cãezinhos.

Seria desejável... mas não é possível...
porque as violações têm sido graves e criminosas,
não é possível esquecê-las
e terão de ser alvo
de procedimento judicial...

Não se pode actuar contra a vida dos animais
e contra a propriedade alheia
por dá cá aquela palha!

Nem que vivessemos num regime comunista
ou da extrema esquerda cujas pontas dão o nó
com as da extrema direita!

Quem não tem discernimento
para definir as suas próprias fronteiras de actuação
arrisca-se a ser invadido por
delinquentes iguais a si
e tem de aceitar a intervenção da justiça...
*
*


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Areinha está em casa...

*
com a ajuda de Deus
e dos nossos Santos Protectores.
Obrigada, meu Deus.

Que tranquila plenitude!

Ao ver como os meus cãezinhos dormem
confiantes na minha guarda...

Será possível
que alguém tenha a coragem
de romper a sua paz,
a PAZ de todos nós,
a PAZ que tanto devemos cuidar?
*
*

Areinha está perdida...

*

*
Um buraco astutamente aberto na rede...
(arame cortado por mão maligna...) 
provocou a fuga dos meus cãezinhos esta manhã...
eu tento protegê-los, não quero que andem por aí, mas há pessoas que não se contentam com a PAZ... precisam de fabricar violência ...
*
Felizmente voltaram todos para casa atrás do carro do Sr. António, felizes e sorridentes... 
Um infinito obrigada ao Sr. António e à esposa...

todos, menos a Areinha...
ela outra vez, que anda ainda perdida ou se encontra retida...
*


*


Custa-me pensar que pode estar a sofrer...
apelo a quem a tem
para que trate com carinho
e aqueça
a minha menina
...

Areinha é de todos os irmãos a que tem o
'casaquinho' mais fininho e tem sempre muito frio.
*
Se alguém tiver consigo a Areinha, peço o favor de lhe fornecer
uma caminha bem agasalhada e cobertorzinhos
que ela possa usar como gosta.

Está habituada a três refeições por dia:
almoço e jantar come arroz de frango (sem sal) e ao pequeno almoço
come ração ha Hills ou da Purina ou outra de tamanho pequeno.

...nunca dispensa o seu osso de couro prensado...

É uma cadela  muito meiga, como são todos.

Aliás, quero tranquilizar algumas pessoas que vão atrás do que ouvem dizer às
já tradicionais más-línguas:

Os meus cães são cãezinhos criados sem violência e com muito carinho.
São todos cãezinhos muito meigos e, se encontrarem alguém por aí que lhes faça uma festa, decerto que retribuirão com efusão.

Não agridem, não atacam...
os gatos talvez, é o seu instinto,
e os cães pequenos que se confundem.
*
O comportamento agressivo que têm  no seu território
é normal, é o de qualquer cão que tem de guardar,
por isso nos são úteis.
No território que têm de guardar, tudo é diferente...
Ali, o trabalho deles é para fazer a sério...

Peço a Deus que mande a
Areinha de volta
para a sua família.

Aqui, tem todo o nosso amor.

*
*

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Encontrei a Seara...

*
*
...cerca de meia hora depois...

Vagueava no quintal contíguo,
ainda atontada da anestesia,
incapaz de se orientar
e encharcada da chuva...
*
Quem a levou para lá,
ou lhe abriu o portão das traseiras
que está fechado à chave
ou violou, uma vez mais,
a fechadura do
portão da frente...
*
Malvadez, inconsciência,
em qualquer dos casos...
*
Agradeço uma vez mais
a S. Francisco de Assis,
pela sua
ajuda e protecção...
*
*
*

A SEARA FOI RAPTADA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Porque foi atropelada a minha cadela Soly...

*
*
Observação recente de um profissional:
O parafuso  da dobradiça foi posto a
aparafusar de baixo para cima 
em vez de ser de cima para baixo... aa)
*


**************************

*
Sou viúva e vivo só. Assim o entendo.
Em virtude do assédio levado a cabo por certas pessoas indesejáveis que não regulam lá muito bem, fui buscar uma cadela vigorosa para me proteger e fazer companhia.

A Soly teve cãezinhos, vieram novos donos e levaram cinco, os mais bonitos... os mais feiotes, mas decerto os mais significativos, pelo menos para mim, foram ficando. Comigo tenho ainda cinco que adoro. Poderei ainda doar alguns, se tiver a certeza de que serão tratados com consciência e amor.

Para que os cãezinhos não corressem riscos em contacto directo com a rua, uma vez que a minha cadela já sofreu agressões e os cãezinhos também, mandei fazer grades para delimitar o espaço deles uns metros mais atrás do muro da frente.

Sobre a marcha, e sempre a pensar nos cãezinhos, na sua segurança e na necessidade de delimitar o seu espaço em determinadas ocasiões, mandei instalar grades no topo da casa, nas traseiras, uma à esquerda, para os poder manter sossegados na parte mais arborizada durante o tempo que for preciso. E uma portinhola do lado direito das traseiras (o da garagem) uma vez que o dinheiro não dá para fazer obras grandes agora, na esperança de poder puxar o ferrolho e sair e entrar com o carro tranquilamente sabendo que eles estavam contidos e seguros na área das traseiras adjacente à cozinha..

Caso falhasse o ferrolho aconteceria o desastre, mas como sou uma optimista, nunca imagino o pior... E ACONTECEU !!!

Aconteceu porque mão criminosa se encarregou de desapertar o parafuso da dobradiça que prendia à parede com o propósito de fazer a porta descair. E o ferrolho deixou de entrar bem no buraco e deixou de oferecer segurança. Como entro e saio sem óculos de ver ao perto (e normalmente à pressa), a situação foi-se agravando, até que a possante amiga Soly decidiu deitar-lhe a pata desesperada por vir atrás de mim...

É com horror que recordo a cena... os cãezinhos todos a galope... os cãezinhos todos no fim da rua, os cãezinhos perdidos, eu a gritar pela Soly, eles assustados nem me conheciam na rua, o som de um carro a bater num corpo, a Soly acaba por ser atropelada na estrada... eu com a Soly no veterinário sem poder ir à procura dos pequenos... uma angústia!  Depois de algumas tropelias lá apareceram todos...

Recebi um apoio fantástico por parte do Sr. e da Sra. Canha e dos vizinhos daquele lado, estou-lhes muito grata.

E grata estou de igual forma ao Dr. Carlos Antunes que veio levantar 52 kg de cão do chão molhado às 8 horas da noite. São prestações que não se esquecem NUNCA MAIS!

Neste momento, nenhuma das grades que mandei instalar nas traseiras se encontra operacional. A porta do lado direito foi-se soltando e acabou por cair.  A de lado esquerdo, devem ter posto ácido nas dobradiças porque, em poucos dias, as mesmas apareceram corroídas e parte delas caíu e a porta deixou de funcionar.

De resto, todos os ferrolhos revelam terem sido tratados com ácido, pois têm um aspecto ferruginoso de há duzentos anos.

Tudo isto envolve procedimento criminoso.
Porquê ?
Valerá a pena vender a alma por vingança
E porquê, vingança, porquê ???
Por despeito? Intolerância?
Falta de maturidade para encaixar a realidade
das coisas ?
Falta de educação ?
Inconsciência sim, decerto !!!

As fotografias:


A dobradiça e o parafuso que foi desapertado ou
já ficou assim.
(não sei bem se isto se chama dobradiça, mas vou continuar)
aa)



Mais dobradiça
aa)


Mais dobradiça.
O parafuso que prendia a porta à parede.
aa)



O buraco do ferrolho,
já com o cimento raspado
pela minha insistência.



O ferrolho, misteriosamente enferrujado.



A portinhola encostada à parede e,
a descoberto, o espaço que dá para a área da garagem.
aa)



O espaço que a portinhola deveria proteger.
Porque, para sair e entrar com o carro tranquilamente,
é preciso abrir outro cadeado existente na grade branca que se vê.
O problema é que, para entrar e sair com o carro, tudo isto fica aberto,
 descobrindo a rua...
E só aquele ferrolho guardava os cãezinhos...


À esquerda da parte das traseiras:
Uma parte da grade deveria articular para que o ferrolho
entrasse na parede...
Mas os fantasmas comeram as articulações...
ou seja, as dobradiças...
e as duas partes soltaram-se misteriosamente..



Em dois ou três dias, as dobradiças adquiriram este aspecto,
o que me leva a concluir que levaram ácido.
(Aliás, às vezes, as fechaduras dos portões da frente também
levam tratamento... nota-se pela cor do metal e pela dureza da chave, claro).



Mais dobradiças carcomidas,
mais perfídia...



A de baixo, também solta...




Mais imagem...


Este empreiteiro foi de tal forma alienado,
não sei por quem,
que nem as tampinhas colocou nas barras.
Alienado foi...



Mais barra por tapar...



E a Soly observa.
Não que ela goste de barreiras, mas tem demasiada força.
As barreiras fazem mesmo falta para a conter,
a ela e aos  miúdos.
*

Quem poderá ter prazer em fazer mal aos cães?
*

Hão-de vir especialistas (imunes à contaminação por calhandrice) confirmar o que aqui se passou.
*
*

Natal 2010 !

*
Todos crescendo. Todos aprendendo...
Muita LUZ ! Muito carinho! Muita PAZ !!!



*
O velhinho Presépio que assenta numa cama de velhos líquenes secos
 colhidos em saudosas matas.
*

*
Mostardinha, muito carinhoso.
Muito bom guarda!
Na verdade, o único que leva a sério a profissão.
Está sempre atento
e detecta ruídos e movimentos a que os outros não ligam
*



*
Areinha:
Que sorte, uma cama nova, mesmo o que eu precisava...
*

*
Seara:
Que chata, não me acordes...
*

*
Pronto, diz lá..
*


*
Mostardinha e Seara:
Pronto, mãe Soly,
vais ficar muito limpinha...
*

*
Carocho,
com seu ar romântico.
Junto a ele, Areinha.
*

*
Carocho.
A fugir, Mostardinha.
*


*
Carocho, na sua nostalgia...
*

*
O carocho e a Joaquinita
em Setembro de 2010
*


*
Carocho, em Setembro de 2010,
com o seu inseparável osso de couro.
*

*
Mostardinha em Setembro de 2010.
Como tem crescido!
*
*


terça-feira, 23 de novembro de 2010

Areinha está em casa!

*
A Areinha apareceu
a rondar a casa por volta das 23:30.

Dei uma volta a chamá-la... e por fim entrou...
muito feliz, muito emocionada!

Vinha muito carente e tinha fome.
A expressão do rosto, já de si  preocupada,
agravou-se...durante estes dias.

Chorava, corria e pulava como uma louquinha,
cheia de saudades de tudo

Mas o diálogo mais emocionado foi mesmo
com o seu osso de couro.

Bem-vinda, Areinha!

Obrigada a  São Francisco de Assis pela preciosa ajuda.

Areinha... ?

*
Já não tenho dúvidas
de que a Areinha foi 'desviada'...
*
Seria uma nota no mínimo elegante
se a pessoa ou pessoas que
levaram a Areinha
mandassem uma mensagem a dizer
que a têm consigo...

É preocupante
que ao cabo de cinco meses
de divulgação pública
sobre a campanha de adopção,
alguém tenha preferido aproveitar um momento de
dor e drama
para cometer a feia acção de
roubar
em vez de manifestar o seu interesse honestamente
junto do criador
que cuida esses animalinhos há cinco meses
e, portanto, lhes tem amor...

O amor que  nos liga a um cãozinho que ajudamos a crescer
é muito diferente do afecto que sentimos por um cão bebé
que vamos comprar ao pet shop.
*
São estas figuras que nunca saem das trevas
que nos causam apreensão e receio
porque os seus valores éticos e morais
não são sólidos...
Constituem um perigo eminente
quando põem em prática a sua violência.

Que irá fazer?
Pelo cão, ele ou ela não sente nada!
Tudo é de apavorar!

Apelo a esse coração desconhecido
no sentido de guardar o seu ódio de vingança
e os seus rancores
sem causar prejuízo à inocente Areinha.
Ela é apenas cão.
Um cão bebé que foi arrancado
à sua família e ao seu ninho
de forma inconsciente...
... por maldade...

Por acaso, terá pensado nos sentimentos do cão?
Na tristeza que lhe causou?
Basta estar atento aos olhos de um cão,
às suas expressões,
para saber o que lhe vai na alma...
essa mesma alma que é a de todos nós
*
Rezo por ti, Areinha
Que São Francisco de Assis te dê toda a sua protecção...
e uma almofada de flanela...
e um osso de couro novo...
*
*

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Minha Amiga!

*
*
Minha querida  e corajosa Amiga Soly,

A única que me deu tudo o que eu precisava:

. CARINHO
. LEALDADE
. PROTECÇÃO
. SEGURANÇA
. ENTUSIASMO

Quando os homens sem alma maldiziam e
conspiravam para aniquilar-me!
a mim e a ti, minha heroína.
*
Por ti, Soly, eu farei tudo o que for possível...
e se não for possível, deixamos o encontro marcado
para a próxima vida.
*
UMA AMIGA FIEL COMO TU
NÃO SE PODE PERDER DE VISTA!!!
*
*

domingo, 21 de novembro de 2010

Desgosto não cura desgosto....

*
*
Sinto um desgosto profundo
por todos aqueles que se recusam a usar a inteligência
e decidem adoptar a crueldade
e o maquiavelismo
como estratégia para conseguirem
os seus fins.
*
A crueldade só gera dor e ódio, a todos os níveis,
e os resultados da conquista são sempre nulos:
ZERO !!!!
*
Se procurarem um pouco melhor,
talvez encontrem uma estratégia um pouco
mais saudável e lucrativa
na honestidade.
*
*

sábado, 20 de novembro de 2010

Areinha...

*
De olhos nos olhos...
os meus nos teus,
que são o espelho da alma universal,
ergo aos Céus o meu mais profundo desejo:

Que o teu lindo peitinho branco receba as carícias
de uma mão amiga
e não sirva de troféu
aos que se alimentam da morte
porque nunca aprenderam a gostar da vida....

Gostaria de saber como está a Areinha,
 por favor!
(TM 91 0210721)

Ela é muito saudável e atleta.
Nunca adoeceu. Precisa de vacinas.

Alimentação:

Até aqui, tem-se estado a alimentar quatro vezes ao dia.:

de manhã e à ceia:
Science Plan da Hills, (Puppy medium).

Ao almoço e ao jantar:
arrozinho trinca com frango, sem temperos nem sal.
Se tudo estiver bem, apenas un chorrito de azeite puro.
.
Adora roer, em especial tronquinhos de madeira
e de plantas
(ela escolhe) e, claro, o seu osso de couro,
esse mesmo, que não falte,
que são muitas as raivinhas!


Como tem o pêlo rasinho, às vezes sente um pouco de frio:
gosta de caminhas em forma de rim forradas com um tecido quente, uma boa almofada (de flanela) do tamanho das nossas (ao lado da cama)
 e uma mantinha quente que a aconchegue bem.
Havendo tempo e amor, até gosta que a tapem, às vezes.

Gosta muito de beijinhos e de carícias!
.
Obrigada por teres feito parte da minha vida, Areinha!!!

Boa sorte!!!
*
Esta é a tua casa...
Esta é a casa onde o plano da inteligência universal
quiz que nascesses.
E esta é a ama de cão que te ajudou a crescer
com muita, muita alegria
 e recebeu de ti generosas e abençoadas carícias e afecto.

A porta continua aberta, à tua espera.
Mas se estiveres bem, se tiveres o afecto e a dedicação
que mereces,
a tua ausência deixa de me pesar.
*
Até sempre, Areinha.
*
*


sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Areinha anda perdida...

*
*
Neste momento não posso publicar uma foto,
mas ela já tem várias  neste blogue.
*
*
Um ferrolho  deficientemente instalado,
uma cadela mãe cheia de força,
duas décimas de segundo o e já a Soly e os canitos
vão ao fundo da rua, a correr
como loucos ao encontro do desconhecido...
e dos problemas.
*

Em casa, prudentes mas assustadas, ficaram a Seara e a Joaquinita.

A Soly mãe foi atropelada, tem luxações sérias nas patas e possivelmente não vai conseguir andar bem...


O Carocho  acabou por voltar sozinho, depois de um tremendo susto.

Já tarde, o Mostardinha lá conseguiu dar com o caminho. Chegou molhado mas super carinhoso, como sempre.  

Chove. E só falta a Areinha, a minha atleta magrinha de pêlo rasinho cor-de-areia, tão meiguinha, tão educada por onde andará... lembrando com saudade o seu arrozinho de frango que nunca se esquece de agradecer carinhosamente.


Se alguém encontrara a Areinha, agradecia o favor de me avisar.
E se alguém pensar em ficar com ela, aradecia a gentileza de uma chamadinha  para eu saber que está bem.


TM  910210721

Muito obrigada!

Ainda não dá bem pelo nome.
O nome que conhece melhor é Soly.
Que São Francisco de Assis proteja todos os cãezinhos e todos os animalinhos do mundo.
*
*

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

*
*
A cadelinha já apareceu...
misteriosamente,
enquanto eu e a Soly andávamos pelas ruas
à procura dela...
*
Dou graças a Deus!
*
E a São Francisco de Assis!
*
*
*
O cão que desaparaceu é o mais débil
da ninhada,
precisa de cuidados especiais,
é favor ter a consciência de o devolver.
*
É uma cadela e
dá pelo nome de Joaquinita.
*
*
Em nome de Deus,
não a sacrifiquem.
É inocente e alheia aos vícios
dos humanos.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

A ninhada hoje...

*
Agora já todos têm um nome e uma identidade.. muito sua... é deveras interessante!
Ser um deles, tem sido uma experiência enriquecedora e plena de ternura... são bons, são ternos, são solidários...
*


*
Hoje na brincadeira...
Da esquerda para a direita, a Searita, a minha cadelinha,
a Joaquinita, o Carocho e o Mostarda.
A dormir na caminha de trás: Areinha...
*


*
A minha Searita.... desde sempre, a relações públicas do grupo...
*

*
A Areinha branca a única que não adoeceu...
(tem mais branco no peitinho...)
*

*
... com muito sono e a sua orelhinha do avesso...
Areinha, que mania...
*

*
O Carocho, o quatro-olhos com a sua magnífica pelagem azeviche...
(Temos de lhe fazer uma foto melhor, está-se a tornar num belo cão).
*

*
Em alegre brincadeira,
o Mostarda, o Carocho, a Joaquinita e a Searita.
*


*
O Mostardinha... um pouco sério...
*


*
E a troupe em plena actuação...
dona, para que ias tu querer aqui um canteiro se não
fosse para nós brincarmos e colhermos
energias da mãe terra?
Estou de acordo, cãezinhos,
de que serviria um canteiro arranjadinho se,
para tal, tivesse de privar os meus cãezinhos
deste alegre convívio e tivesses de os violentar... ?
*

Brinquem, brinquem,
riam, gritem,
essa porcaria tem tempo de ficar enfeitada e empedrada...
Eh! Eh! Eh!
Em pleno banho de terra com areia: Areinha...
*
*
*
*
Nota:
Esta terra é terra areosa, quase não suja nem vem agarrada às patas... 
:)
*
*

Obrigada à extraordinária equipa da Clínica Veterinária Santa Marta !!!

*
em especial ao Dr. Luís, pelos esforços desenvolvidos no sentido de salvar esta ninhada,
que foi caindo sucessivamente atacada de parvovirose.

Só uma não adoeceu, a Areinha.
O Carocho, a Searita e o Mostarda estão completamente recuperados.
A Joaquinita ainda está débil, mas tem uma fome devoradora... bom sinal.
O Sr. Sisudo não resistiu, deve ter tido complicações cardíacas.

Daqui por duas semanas poderão ser vacinados e cumprir o seu destino.

Obrigada uma vez mais por todo o apoio que recebemos,
incluindo a ajuda para transportar os cãezinhos do carro para a clínica
e decerto também o desconto de que beneficiamos na nossa qualidade de voluntária do canil do Seixal.
Bem-hajam os amigos dos animais!
*
*

sábado, 4 de setembro de 2010

Em Vila-Franca: Snoopy e Beethoven.


*
Dois belos exemplares ! Ao cuidado de uma bela família!
A viver num belo espaço!
Foram os primeiros a sair, quando ainda não sabíamos lá muito bem qual iria ser o resultado do grupo...
quando havia muito por onde escolher...  e os futuros donos deixaram-se guiar pela intuição... em vez de um, acabaram por levar dois...
*

*
O Beethoven é o peludinho, com focinhito preto. Exigente!
O Snoopy tem o pêlo rasinho e bom carácter...
O Beethoven dificulta a vida ao Snoopy!
Irra!
Tem de haver sempre um Saturno a estragar
a vida aos mansarrões!
*

*
É muito bonito, o Beethoven... sério! Responsável!
Bom guarda...
*

*
...ladra aos gatos todos... pudera, sai à mãe Soly...
*


*
O Snoopy é mais 'easy going'... quando o deixam...
*

*
E que bem lhe assentam uns passinhos de dança
na estupenda eira da D. Margarida...
*

*
É sem dúvida um belo exemplar,
o Snoopy, e está muito bem tratado...
*

*
Brincam muito os dois, apesar das pequenas fricções...
Dois machos... lutam sempre pela coroa!
É inevitável!
Por isso, eu acho aconselhável
ir sempre compensando as energias masculinas
com as energias femininas... um cão e uma ou duas cadelinhas...
para que haja boa disposição, harmonia e equilíbrio ...
São as energias femininas que geram tudo o que embeleza, cria e apazigua...
as energias masculinas são essencialmente bélicas...
e portanto destrutivas...
*
*

Obrigado aos seus donos pelos cuidados e pelas fotos e uma referência especialmente carinhosa à Sra. D. Margarida, a mãe de família, que tem a paciência de me ir telefonando para dar notícias dos cãezinhos.

Parabéns pelas fotos, muito divertidas e oportunas... :)

Um grande bem-haja e os melhores desejos para esta linda família.
*
*